Caetano: O maior problema do Brasil é a desigualdade econômica

 

O cantor e compositor baiano Caetano Veloso comentou a polêmica envolvendo uma performance de um artista nu no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP), durante a participação no programa Altas Horas, da TV Globo, no último sábado (11/11). Para Caetano, denunciar a produção artística é uma estratégia política que determinados grupos estão utilizando para esconder os reais problemas enfrentados pelo Brasil.

“O maior problema do Brasil é a desigualdade econômica. E é disso que eles querem fazer a gente se esquecer, criando essas cortinas de fumaça, mas nós não esqueceremos. Havemos de vencer a desigualdade”, garantiu. O artista baiano ainda citou Joaquim Nabuco ao dizer que a escravidão se tornou uma característica do Brasil e que é preciso rompê-la.

“A escravidão permanece e é isso que nós temos que ter coragem de mudar, e não ficar discutindo se o rapaz tocado por uma menina, levada pela mãe, cometeu pedofilia. É claro que não é pedofilia”. Também participou do debate o filósofo Leandro Karnal, que criticou o moralismo envolto à polêmica e defendeu a liberdade artística.

Textos Relacionados
Deixe seu recado