PCdoB-BA conclama militância a construir novo PGP de Rui Costa

A Comissão Executiva do PCdoB da Bahia emitiu um comunicado para conclamar a militância comunista no estado a se engajar na construção do Programa de Governo Participativo (PGP) da pré-candidatura à reeleição do governador Rui Costa (PT). Uma intensa agenda de caravanas, debates temáticos e territoriais, entre outros espaços de discussão, está sendo desenvolvida para refletir sobre o projeto político, integrado pelo Partido e que foi implantando em 2007, com a eleição de Jaques Wagner.

O secretário estadual de Formação e Propaganda, Caio Botelho, é integrante da coordenação do PGP, representando o PCdoB. A avaliação interna é que participação dos militantes comunistas no novo programa de governo precisa ser ativa. “O PCdoB, que sempre deu importância ao debate programático, se empenhará, ao lado dos partidos aliados, para que o programa de governo reflita os anseios populares pela promoção de mudanças ainda mais profundas”, afirmou o secretário Caio Botelho.

No comunicado, os dirigentes ainda refletiram sobre o cenário político e defenderam que a disputa eleitoral de 2018 será decisiva para a definição dos rumos do Brasil e da Bahia. “A campanha eleitoral se insere num contexto de mobilização para reforçar a resistência democrática, popular e patriótica. O resgate da democracia é a principal bandeira a ser erguida ao longo desse pleito”.

A avaliação da Comissão Executiva também aponta que, apesar das adversidades para a esquerda, o governador Rui Costa se lança à reeleição em um contexto de otimismo, com a autoridade reforçada junto ao povo. “Exercendo o mandato sob difíceis circunstâncias, mostrou-se um líder capaz de renovar a esperança dos baianos e das baianas e conduzir o estado a uma nova etapa de desenvolvimento e avanços sociais”, finaliza o texto.

Textos Relacionados
Deixe seu recado