PCdoB prepara agenda com indicações de atividades do FSM

A 13ª edição do Fórum Social Mundial (FSM) 2018 estreou nesta terça-feira (13/03), em Salvador, e deve reunir, até o sábado (17), mais de 60 mil pessoas, de 120 países, que estarão na cidade com o objetivo de debater e compartilhar experiências de atuação. O lema definido para a edição deste ano é “Resistir é criar. Resistir é transformar”.

O FSM tem a participação de mais de 1500 coletivos, organizações e entidades, que vão realizar cerca de 1300 atividades autogestionadas. Entre essas atividades, estão as que serão realizadas no Espaço da Democracia, da Paz e Solidariedade com os Povos, sediada no auditório do Pavilhão de Aulas Raul Seixas da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFBA, em São Lázaro.

O PCdoB produziu uma lista de atividades do Fórum Social Mundial indicadas aos militantes. A lista de atividades, que ainda pode sofrer alterações, está dividida em gerais e específicas:

 

*Atividades Gerais*

15 de Março (quinta)

13h30 –  Lançamento do Congresso do Povo (Frente Brasil Popular) –  Auditório da Faculdade de Direito

17h –  Assembleia internacional em defesa da Democracia com Lula e Manuela –  Estádio de Pituaçu.

16 de março (sexta)

9h – Assembleia Mundial de Mulheres –  Terreiro de Jesus

14h – Assembleia Mundial dos Povos e Movimentos Sociais – Ginásio dos Bancários.

*Atividades específicas*

14 de Março (terça)

13h30 às 15h30: Ofensiva Imperialista, Luta pela Paz e Solidariedade (Cebrapaz). UFBA/ São Lázaro. Lançamento do Livro “Palestina, um Olhar além da Ocupação”, de Nilton Bobato e Paulo Porto. Debate: Cuba: Solidariedade Internacional e Luta contra o Bloqueio e Pela Devolução de Guantânamo.

14h: Painel Mídia Sindical e Democratização dos Meios de Comunicação (Sindicato dos Bancários). FACOM-UFBA/ Ondina (sala 11).

14h: Os impactos da reforma da Previdência no serviço público e na educação (Assufba). Auditório do Sindicato (rua Professor Severo Pessoa, nº 170, Federação).

14h30 às 17h – Lugares de Memória e Resistência (Grupo Tortura Nunca Mais). UFBA/Ondina. Performance 30 a 40m/ depoimentos de pesquisadores.

16h: Judicialização da Política e Reconstrução Democrática (FMG). Tenda Chico Mendes (Campus da UFBA / Ondina).

16h – Metalúrgicos –  A Indústria e as perspectivas da classe trabalhadora, na tenda das centrais , atrás da da Praça das Artes (Ondina)

16h às 18h: Cuba: Luta Contra o Bloqueio e Solidariedade Internacional (Cebrapaz). UFBA/ São Lázaro. Lançamento do Livro “Ángel. A Raiz Galega de Fidel”, de Katiuska Blanco Castineira. Lançamento do livro

“Che e o Marxismo”, de Carlos Tablada Pérez.

17h às 19h30 – Narrativas da resistência (Grupo Tortura Nunca Mais). UFBA/Ondina. Exibição do filme com depoimentos sobre a “Guerrilha do Araguaia”, com a participação da diretora Dagmar Talga/ Testemunhos

e pessoas que viveram a guerrilha e militantes

18h às 20h: O Avanço do Neoliberalismo e as Tentativas de Recolonização do Continente no Contexto dos 130 anos da Abolição (UNEGRO).

15 de Março (quinta)

8h: EME da UEB. Local: UFBA/Ondina.

8h: Seminário de Educação da ABES – Sarau UBES. Local: UFBA – Tenda das Entidades (Estacionamento do PAF 1).

8h30 às 10h30: América Latina, Resistência e Luta Anti-imperialista (Cebrapaz). UFBA/ São Lázaro.

9h: Agricultura Familiar: Desenvolvimento Sustentável, Agroecologia e Água (FETAG). UFBA/ Ondina (PAF 1 – Sala 105).

9h: A Universidade e a Educação no contexto da Resistência Democrática”. Tenda das Juventudes Felipe Doss/ UFBA/Ondina.

9h: Unidade para reconstruir o Brasil – debate e divulgação do manifesto das Fundações (FMG). Renato Rabelo representa a FMG. Auditório da Reitoria do IFBA (Rua Araújo Pinho, Canela), e pré-lançamento do livro “Contra o golpe”.

10h30 às 12h30: Saara Ocidental: Luta pela Independência e Solidariedade Internacional (Cebrapaz). UFBA/ São Lázaro.

14h às 17h: Debate sobre a Reforma Trabalhista (CTB) – auditório da Assufba-Sindicato (Rua Professor Severo Pessoa, nº 170, Federação).

15h: A luta pelo futebol popular nos clubes e arquibancadas. UFBA/Ondina  (PAF IV, sala 306).

17h30h: Nome social na escola, uma questão de educação (APLB). UFBA/Ondina (PAF 3, sala 210)

16 de Março (sexta)

16 às 18h: Bicentenário de Marx e Nova Luta pelo Socialismo (FMG). Com Renato Rabelo e Olival Freire. UFBA/ São Lázaro.

18h às 20h: Mulheres Resistindo ao Capitalismo Patriarcal: saída para a Crise (UBM). UFBA/ São Lázaro.

17 de Março (sábado)

9h às 12: Assembleia Internacionalista Anti-imperialista e Anticolonialista (Cebrapaz). Tenda da CTB em Ondina.

14h: Roda de Conversa: conjuntura e alinhamento programático da luta dos médicos e médicas de esquerda. UFBA/Ondina (PAF III, sala 203).

 

As entidades organizadoras dos eventos citados manterão, dentro do campus de Ondina da UFBA, uma pequena tenda como ponto referência, onde será possível realizar pequenas reuniões e guardar materiais, por exemplo. Segundo o presidente estadual da CTB, Pascoal Carneiro, a entidade vai organizar um forró no local em data e horário a serem confirmados.

 

 

Textos Relacionados
Deixe seu recado