1º de Maio: Salvador terá ato por valorização do trabalho e Lula livre

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) e demais centrais sindicais com atuação na Bahia (CSB, CUT, Força Sindical, Intersindical, NCST e UGT) promovem um ato unificado em Salvador para marcar o 1º de Maio (terça-feira), Dia Internacional do Trabalhador. Na capital baiana, a atividade será no bairro de Cajazeiras X (Campo da Pronaica), a partir das 9h.

Em nota, as centrais explicaram que o 1º de Maio deste ano está alinhado com as manifestações contra a prisão do ex-presidente Lula e em coro com os pedidos de ‘Lula Livre’. Além disso, o ato fará a defesa da valorização do trabalho e reforçará as críticas à reforma trabalhista.

“Exigir Lula livre é defender a democracia, a Justiça imparcial e a Constituição, rasgada por promotores e juízes claramente contrários ao projeto popular que melhorou a vida de milhões de brasileiros por 13 anos. Exigir a valorização do trabalho é dizer não à reforma trabalhista e mobilizar os trabalhadores para reagirem juntos com os sindicatos e garantir seus direitos”, diz a nota conjunta das centrais.

Textos Relacionados
Deixe seu recado