Alice Portugal quer comissão externa para investigar crise no MEC

Diante da crise no Ministério da Educação (MEC), a deputada federal Alice Portugal (PCdoB-BA) defendeu a formação de uma comissão externa de parlamentares para averiguar os problemas que estão ocorrendo na área como os erros nas correções das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Além do Enem, ela aponta outras questões como atraso na aprovação da Lei do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), falhas no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a forma de escolhas dos reitores das universidades e as afirmações extemporâneas do ministro da Educação, Abraham Weintraub, que chegou a acusar a existência de plantações de drogas nas instituições.

A deputada defendeu o afastamento do ministro e lembrou do pedido de demissão do secretário de Educação Superior, Arnaldo Lima Junior. “O MEC foi tomado por uma insanidade institucional e por uma ideologização fascista, que nem os ‘escolhidos’ para a tarefa, estão aguentando”, disse.

 

Fonte: PCdoB na Câmara 

Textos Relacionados
Deixe seu recado