Alice sobre queixas contra Bolsonaro no TPI: “Não pode ficar impune”

A deputada federal Alice Portugal (PCdoB-BA) comentou sobre a nova denúncia contra o presidente Jair Bolsonaro no Tribunal Penal Internacional (TPI), feita por uma coalizão de organizações de saúde, pela postura dele no combate à pandemia do novo coronavírus. Para Alice, a nova queixa revela que o Brasil não quer ver impune a irresponsabilidade do presidente.

“Estamos há mais de dois meses sem ministro da saúde em plena pandemia. Total descaso com a vida das pessoas e dos profissionais que estão na linha de frente no combate à Covid-19. Bolsonaro não pode ficar impune!”, escreveu a parlamentar baiana, nas redes sociais.

A nova denúncia foi protocolada no último domingo (26/07) e alega que Bolsonaro coloca os profissionais da saúde e toda a população em risco. Algumas ações foram citadas, como a defesa da hidroxicloroquina, medicamento sem eficácia comprovada contra a doença; promoção de sucessivas aglomerações; e a ausência de ministro da Saúde há mais de dois meses.

Bolsonaro já é alvo de outras quatro denúncias no Tribunal, com sede na Holanda – três delas por sua atuação na crise sanitária provocada pelo novo coronavírus e uma por crimes contra a humanidade e atos que levam ao genocídio de comunidades indígenas e tradicionais.

 

Com DW Brasil

Textos Relacionados
Deixe seu recado