Aumento do Judiciário custa Minha Casa Minha Vida e o Luz Para Todos somados

Aprovado pelo Senado na noite da última quarta-feira (07), o aumento para os ministros do STF custará pelo menos R$ 5,3 bilhões aos cofres públicos, de acordo com nota técnica produzida hoje pela consultora do Congresso. O valor é equivalente à soma do orçamento de dois programas sociais do governo: o Minha Casa Minha Vida e o Luz Para Todos.

Segundo dados do orçamento de 2019, o programa de financiamento habitacional terá R$ 4,5 bilhões do governo. Já o de eletrificação rural contará com R$ 1 bilhão. O aumento aprovado pelo Senado nesta noite prevê um salário de R$ 39,3 mil para os ministros do Supremo Tribunal Federal e para a procuradora-geral da República.

Como os vencimentos estavam em R$ 33,7 mil, as categorias tiveram um aumento de 16%. Apesar de serem somente 11 ministros do STF e uma procuradora-geral da República, o aumento dos vencimentos terá um efeito cascata, uma vez que todos os 16 mil juízes e todos os membros do Ministério Público do país também terão seus salários aumentados.

Isso porque suas remunerações são baseadas num percentual dos que ganham os ministros do STF, para os magistrados, e da PGR, para os procuradores.

 

Fonte: BuzzFeed Brasil

Textos Relacionados
Deixe seu recado