Fábio Vilas-Boas: 100 dias de Covid-19 na Bahia

Decorridos 100 dias do surgimento do primeiro caso de Covid-19 em nosso estado, chorando pelas vidas perdidas, vale destacar algumas vitórias nessa guerra.

Graças à liderança integral do governador Rui Costa, conseguimos abrir mais de 2.000 leitos hospitalares, sendo mais de 800 de UTI. Contratamos milhares de profissionais dedicados ao combate à pandemia, ampliamos em 2.000% a capacidade de testagem RT-PCR do Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-Ba) e a descentralizamos para cinco regiões do interior.

Para os profissionais de saúde, montamos um pronto atendimento exclusivo, contratamos um hotel para os infectados, aprovamos uma lei estadual que garante seguro de perda de renda e em caso de óbitos por Covid-19, além de investimentos em EPIs. Todas as nossas unidades foram dotadas de túneis de desinfecção e sistemas de climatização de ar com renovação e filtragem EPA.

Na área social, criamos um incentivo financeiro para que os acometidos pela Covid-19 pudessem permanecer em isolamento social e montamos unidades de acolhimento e tratamento.

O resultado desse enorme esforço são os números que a Bahia vem apresentando, que são destaque no cenário nacional. Temos um dos mais baixos coeficientes de incidência do país e temos conseguido atender a todos, com um taxa de contágio e letalidade em decréscimo.

Estamos no meio da guerra com muito ainda a fazer. Mas estamos avançando com a liderança do governador Rui Costa e confiantes na vitória .

Bahia! Aqui é trabalho.

 

Fábio Vilas-Boas é secretário de Saúde da Bahia

Textos Relacionados
Deixe seu recado