Novo presidente da Argentina defende o aborto: “Fim da hipocrisia”

O presidente eleito da argentina, Alberto Fernández, afirmou em evento no México que “o aborto é parte da hipocrisia argentina” e que pretende “colocar um fim a essa hipocrisia”, legalizando o procedimento. Para ele, o aborto é uma questão de saúde pública, que “não se deve punir a mulher como se estivesse cometendo um delito e que o Estado deve garantir o pleno acesso ao aborto em condições seguras”.

O kirchnerista disse que não tem “nenhum problema em dizer que é favorável ao aborto, em condições seguras, ainda que durante a campanha eleitoral os outros candidatos quase me acusaram de Satanás por isso”.

“Quem é contra o aborto, uma solução simples, simplesmente não aborte”, finalizou o novo presidente argentino. O atual presidente, Mauricio Macri, é contra a pauta.

 

Com Brasil 247

Textos Relacionados
Deixe seu recado