Pascoal Carneiro: A nossa tarefa é avançar nas articulações

O presidente estadual da Central dos Trabalhadores e Trabalhadores do Brasil (CTB-BA), Pascoal Carneiro, defendeu a necessidade de os dirigentes sindicais mobilizarem a classe trabalhadora, neste momento de flagrantes ameaças aos direitos, com a eleição de Jair Bolsonaro (PSL). A defesa de Carneiro aconteceu durante uma reunião ampliada da entidade, na última segunda-feira (05/11), em Salvador.

“Precisamos, mais que nunca, continuar nas ruas para dialogar com os trabalhadores. A nossa tarefa é de avançar nas articulações. Não temos tempo a perder, precisamos intensificar essa nossa luta contra a reforma da Previdência de Bolsonaro”, afirmou o presidente estadual da CTB-BA

Além de Pascoal Carneiro, também integraram a mesa de debates a deputada federal Alice Portugal; Eduardo Navarro, dirigente nacional da CTB; e Silvana Coelho, diretora executiva de políticas sociais da APLB (Sindicato do Trabalhadores em Educação do Estado).

Alice Portugal, que foi reeleita no último pleito, reforçou a defesa de Pascoal, afirmando que não é hora de cruzar os braços. “É fundamental debater com os trabalhadores de cada base para mostrar os riscos que eles sofrem, e dizer que os sindicatos e as centrais estão do lado deles para defender esses retrocessos”.

No final do encontro, ficou marcado um seminário para os dias 6 e 7 de dezembro, com realização da CTB para a organização estratégica das centrais.

 

Com Ascom/ CTB

Textos Relacionados
Deixe seu recado