Presidente da UEB comemora arquivamento do Escola sem Partido

O presidente da União dos Estudantes da Bahia (UEB), Natan Ferreira, comemorou a derrubada do projeto Escola sem Partido, na última terça-feira (11/12), que estava em discussão em uma comissão temática na Câmara dos Deputados. Para Natan, o arquivamento da proposta é uma ‘vitória histórica’ para os estudantes e professores brasileiros.

“[O Escola sem Partido] É um projeto retrógrado, que não representa a sociedade brasileira. Essa [o arquivamento da proposta] é uma vitória histórica para os estudantes e professores. É uma vitória da liberdade e do ensino público, de qualidade, para todos e laico”, afirmou o presidente da UEB.

Natan Ferreira reafirma a inconstitucionalidade do projeto, pois ataca, segundo ele, direitos fundamentais do povo e tira o espírito crítico da escola. “Vai de encontro à nossa Constituição, que nos garante a liberdade de expressão e a liberdade de cátedra. O Escola sem Partido seguia uma linha de mordaça, de calar a voz das pessoas, para impedir que os estudantes possam pensar e refletir”, disse.

Apesar da comemoração, o presidente da UEB pondera que a luta contra o ‘Escola sem Partido’ é apenas o começo das grandes mobilizações que deverão ser feitas contra as medidas do governo de Bolsonaro, a partir do ano que vem. “A luta pela resistência à perda de direitos ainda será maior”, finaliza.

Textos Relacionados
Deixe seu recado