Principais apoiadores do golpe não conseguem se eleger na Bahia

Os principais apoiadores do golpe contra a presidenta Dilma Rousseff, em 2016, sofreram uma derrota nas urnas, nas eleições do último domingo (07/10), na Bahia. Figuras como Antônio Imbassahy (PSDB), que chegou a ser ministro da Secretaria de Governo de Michel Temer (MDB), e Lúcio Vieira Lima (MDB), irmão do também ex-ministro de Temer Geddel Vieira Lima, não conseguiram se reeleger deputados federais.

Na lista dos baianos apoiadores do golpe que perderam vagas na Câmara dos Deputados também estão Tia Eron (PRB), José Carlos Aleluia (DEM) e Benito Gama (PTB). Irmão Lázaro (PSC), que era deputado federal, disputava esse ano uma vaga no Senado pela Bahia e também perdeu.

Textos Relacionados
Deixe seu recado