Sessão na AL-BA defende instituições atingidas por cortes de Bolsonaro

 

A Assembleia Legislativa do Estado (AL-BA) realizou, nesta segunda-feira (13/05), uma sessão “Em Defesa das Universidades Federais, Institutos Federais e da Educação e Democracia”, em reação aos cortes do governo Bolsonaro. A atividade foi proposta pela deputada Olívia Santana (PCdoB) e contou com a participação de movimentos estudantis, alunos e representantes das universidades federais e do Instituto Federal do Estado (Ifba).

O ato contou com o apoio da Associação dos Ex-Alunos da Ufba (Aexa); do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Universidades Públicas Federais no Estado da Bahia (Assufba); da União dos Estudantes da Bahia (UEB); e da União Nacional dos Estudantes (UNE). Parlamentares federais também estiveram no encontro, a exemplo dos deputados Alice Portugal e Daniel Almeida (PCdoB).

Na atividade, foi contestada a decisão do Ministério da Educação de cortar 30% da verba destinada às instituições. A decisão atinge as seis universidades federais da Bahia e os Ifbas distribuídos nos principais territórios do Estado, que se destacam por serem centros de educação de excelência, apresentando resultados acadêmicos reconhecidos em todo país.

“É preciso defender as Universidades e Institutos Federais. É preciso defender a Bahia da sanha perversa do governo federal. Os interesses ideológicos mesquinhos não podem prevalecer e prejudicar o futuro dos nossos jovens, do nosso estado”, afirmou Olívia Santana.

 

Com Ascom/ Olívia 

Textos Relacionados
Deixe seu recado