SPM-BA debate feminismo com Heloisa Buarque de Hollanda

A Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA) promove um bate-papo sobre a “Quarta Onda do Feminismo” com a ensaísta e crítica literária Heloisa Buarque de Hollanda. O evento será nesta sexta-feira (24), às 17 horas, no teatro do ICBA (Instituto Goethe). Além de debate, com a participação de representantes do movimento de mulheres, haverá uma sessão de autógrafos dos três últimos livros lançados pela autora.

Considerada uma das mais importantes e ativas pensadoras do feminismo no Brasil, Heloisa Buarque lançou, em dezembro do ano passado, o livro “Explosão Feminista”, pela Companhia das Letras, e agora em maio outros dois títulos: “Pensamento Feminista – Conceitos Fundamentais” e “Pensamento Feminista Brasileiro – Formação e Contexto”, ambos pela editora Bazar do Tempo.

O livro “Explosão Feminista” é uma coletânea de textos que abordam os diversos feminismos: negro, indígena, lésbico, radical, protestante, etc. Heloisa Buarque convidou mulheres de diferentes áreas de atuação (cinema, teatro, música, academia, movimentos sociais) para traçar um panorama da quarta onda feminista, iniciada a partir de 2013 com uma nova explosão do movimento e a participação significativa da juventude, especialmente nas redes digitais.

Conceitos Fundamentais

Os outros dois títulos apresentam conteúdos teóricos acerca do feminismo, sugerindo um percurso de leitura para compreender o movimento.  “Pensamento Feminista – Conceitos Fundamentais” reúne 13 autoras entre elas Judith Butler, Audre Lorde, Donna Haraway, Nancy Fraser, Lélia Gonzales, Sueli Carneiro, além de Paul B. Preciado.

Em “Pensamento Feminista Brasileiro – Formação e Contexto” estão reunidos ensaios e palestras de autoras fundamentais para a construção do pensamento feminista no Brasil a exemplo de Sueli Carneiro, Lélia Gonzales, Maria Bethânia Ávila, Jacqueline Pitanguy, Branca Moreira Alves, Constância Lima Duarte e outras.

A autora

Aos 79 anos, Heloisa Buarque de Hollanda é graduada em Letras Clássicas pela Pontifícia Universidade Católica (PUC), do Rio de Janeiro. É mestre e doutora em Literatura Brasileira pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com pós-doutorado em Sociologia da Cultura na Universidade de Columbia, nos Estados Unidos. Professora emérita da Escola de Comunicação da UFRJ, Heloisa Buarque se dedica aos estudos culturais com ênfase nas teorias críticas da cultura, com ampla atuação como crítica literária e ensaísta.

É autora de livros como “Macunaíma, da literatura ao cinema” ( 1978), Impressões de viagem (1992) e organizadora de obras como 26 Poetas Hoje (1976), “Y nosotras latino americanas? Estudos de raça e gênero (1992), “Tendências e impasses – o feminismo como crítica da cultura (1994).

 

Fonte: Ascom/ SPM

Textos Relacionados
Deixe seu recado