Unegro completa 31 anos e presidenta comemora: “Firmes na luta!”

A União de Negras e Negros pela Igualdade (Unegro) comemora, neste mês de julho, 31 anos de fundação (1988-2019). A presidenta nacional da entidade, Ângela Guimarães, comemorou o aniversário e garantiu que, mais do que nunca, a Unegro está firme na luta com o racismo – e toda forma de opressão.

Abaixo, reproduzimos um texto de Ângela sobre os 31 anos da Unegro:

Parida dos ventres da luta por redemocratização mas herdeira da ancestralidade e das seculares lutas por liberdade, a Unegro articula o necessário e contundente combate incessante ao racismo em todas as suas formas de manifestação com as lutas contra o machismo, Lgbtfobias e a luta pela superação do capitalismo.

31 anos de luta antirracismo em articulação com as principais lutas internacionalistas cm o combate as ações genocidas do imperialismo norte-americano, do sionismo, do expansionismo europeu e suas políticas anti imigratórias, em defesa da paz e do desenvolvimento e soberania dos países africanos com as lutas nacionais por democracia, políticas de igualdade racial, por emprego, denúncia da necropolítica que resulta no genocídio da juventude negra e feminicídio das mulheres negras, altíssimo encarceramento da pop negra e nossa exclusão dos espaços de poder.

Com a ascensão das forças neofascistas ao governo federal que aceleradamente implementam um programação de destruição nacional, demolição dos nossos direitos e recrudescimento do racismo, se multiplicam as nossas responsabilidades com presente e futuro do Brasil, assim desejamos q cada militante e ao conjunto da nossa jovem entidade: garra, disposição, fé, esperança e muita luta pra colocar abaixo a estrutura racista, patriarcal e de classes do Brasil!

Firmes na luta por um Brasil sem Racismo e qualquer forma de opressão! Abaixo o racismo, o machismo, as Lgbtfobias e o capitalismo!!

Textos Relacionados
Deixe seu recado