Vitória dos estudantes: Governo Bolsonaro cede e adia o Enem

Após as mobilizações de estudantes, parlamentares e entidades ligadas à educação, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) anunciou o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020. As datas serão adiadas de 30 a 60 dias em relação ao previsto nos editais.

O Enem 2020 vai contar, pela primeira vez, com provas digitais, que estavam marcadas para os dias 22 e 29 de novembro. As provas tradicionais aconteceriam nos dias 1 e 8 de novembro, segundo o calendário do Inep.

Uma pesquisa será feita pelo Instituto junto aos inscritos no exame para definir as novas datas. As inscrições seguem abertas até sexta-feira, dia 22 de maio.

Textos Relacionados
Deixe seu recado