Informalidade atinge recorde em 19 estados e no DF, aponta IBGE

A taxa média anual de informalidade em 2019 atingiu 41,1%, seu maior nível desde 2016, e bateu recorde em 20 unidades federativas do país, informou nesta sexta-feira (14/02) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O desemprego também caiu em 16 unidades federativas, mas a analista da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua), Adriana Beringuy, viu relação entre o aumento da população empregada com a alta na informalidade.

“Em praticamente todo o país, quem tem sustentado o crescimento da ocupação é a informalidade”, disse Adriana. A analista explicou que em vários estados se observa que a taxa de informalidade é superior ao crescimento da população ocupada.

 

Fonte: Folha de São Paulo

Textos Relacionados
Deixe seu recado