Projeto de Olívia quer garantir proteção sanitária para entregadores

O isolamento social é mais que necessário no combate ao novo coronavírus, mas muitos trabalhadores e trabalhadoras precisam sair de suas casas. Uma categoria que ampliou suas atividades foi a dos entregadores e motoboys, pois cresceu a demanda de coletas e entregas de produtos e materiais dos mais diversos, medicamentos, alimentos e roupas.

Foi pensando nestes trabalhadores que a deputada estadual Olívia Santana deu entrada em um projeto de lei que obriga as empresas de coleta e entrega de materiais e produtos, adotarem medidas de proteção sanitária, sem custo para os profissionais.

Caso aprovado, as empresas terão que disponibilizar de forma gratuita os seguintes itens e instruções: Kit sanitário para higienização das mãos; máscaras faciais; luvas descartáveis; treinamento e orientações.

“Nosso principal objetivo é a imposição de medidas de proteção sanitária, por empresas e serviços de coleta e entrega de produtos e mercadorias, o que já está sendo objeto de reivindicação da categoria, que está promovendo inclusive greves e paralisações por melhores condições de trabalho”, destacou Olívia Santana.

 

Fonte: Ascom/Olívia

Textos Relacionados
Deixe seu recado