Proposta na AL quer homenagear o autoproclamado presidente Zé de Abreu

Em nome da Bancada do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa da Bahia, o líder do PT, deputado Marcelino Galo, deu entrada, na última terça-feira (12/03), em um projeto de resolução para conceder a Comenda 2 de Julho ao artista José Pereira de Abreu Júnior, conhecido como Zé de Abreu. O projeto destaca a postura firme do artista em defesa da democracia, da liberdade e da cultura popular.

Nascido em Santa Rita do Passa Quatro, em São Paulo, José de Abreu, de acordo com os autorres da homenagem, é um dos maiores atores brasileiros em atividade na atualidade. Na juventude, dividia a faculdade de Direito em São Paulo com o curso de dramaturgia. Como militante político, pertenceu a Ação Popular e deu apoio logístico a VAR-Palmares (Vanguarda Armada Revolucionária). Foi preso político e obrigado a se exilar em 1968 e só retornou para o Brasil em 1974.

Marcelino Galo lembra que Zé de Abreu participou de 58 novelas, programas, especiais, séries e minisséries na televisão. Em fevereiro de 2019, em reação à autoproclamação de Juan Guaidó à presidência da Venezuela, Zé de Abreu declarou-se presidente do Brasil por meio de uma rede social. O fato mobilizou defensores da democracia dentro e fora do Brasil.

A Comenda 2 de Julho é a maior honraria da Assembleia Legislativa da Bahia.

 

Com Ascom AL-BA

Textos Relacionados
Deixe seu recado